Como eliminar estrias? Conheça os tratamentos mais eficazes

Saiba se é possível eliminar estrias

As estrias são marcas brancas ou vermelhas que atingem mais mulheres do que homens. As regiões mais afetadas por elas são bumbum, coxas, barriga, seios e abdômen.

Em excesso, podem acabar com a autoestima de qualquer mulher. Porém esse incômodo é apenas estético. As estrias não fazem mal à saúde.

Saiba que não há cura total para as estrias. Mas saiba que há tratamentos dermatológicos que amenizam a aparência das estrias, fazendo com que você retome a confiança no seu corpo com uma melhora significativa.

Quais as causas mais comuns para o aparecimento das estrias?

As estrias aparecem no corpo quando há rompimento nas fibras elásticas e colágenas da pele. Elas são responsáveis pela firmeza da pele. As linhas se formam por conta da redução da espessura da epiderme e da derme. São espécies de cicatrizes.

  • Ganho de peso;
  • Alterações hormonais;
  • Uso de corticóide;
  • Gravidez.

As estrias vermelhas são as mais recentes, que se tornam esbranquiçadas com o tempo. As estrias brancas são mais difíceis de serem removidas do corpo. Mesmo assim é possível reduzir a intensidade com tratamentos dermatológicos específicos.

Como eliminar estrias? Conheça os melhores tratamentos

  • Peeling de Cristal
    Exfoliação mecânica e progressiva que proporciona a renovação das células e aumento do colágeno.
  • Laser fracionado não ablativo
    Proporciona uma renovação superficial e profunda da pele com cicatrização rápida.
  • Microagulhamento
    Esse tratamento estimula a produção de colágeno;
  • Cremes com ácido;

O dermatologista é o profissional mais indicado para recomendar o melhor tratamento para o seu caso. Ele irá avaliar a situação da estria da sua pele e dirá qual é o procedimento para você.

Como prevenir as estrias? 

Investir em hábitos saudáveis é a melhor maneira de deixar as estrias bem longe da sua pele. Veja abaixo como prevenir o aparecimento das estrias:

  • Cuidado com ganho de peso;
  • Cremes hidratantes;
  • Exercícios físicos com regularidade;
  • Massagens localizadas;
  • Ingestão de água;
  • Reposição de vitaminas (C, Zinco, E, B5 e Silício).

 

Voltar para todos os Posts