Como se proteger do sol ao realizar exercícios ao ar livre

Proteção exercícios ao ar livre

Tempos quentes e ensolarados motivam todo mundo a praticar esportes. Seja caminhada, corrida, futebol na areia ou vôlei, por exemplo, todos possuem exposição ao sol. Isso acaba sendo um problema para quem se descuida da pele. É importante redobrar os cuidados com a saúde neste período.

Confira algumas dicas para proteção na hora de praticar exercícios ao ar livre

1) Protetor com maior fixação

É importante investir em protetor solar que não saia com o suor. Os protetores mais leves possuem esse problema. O filtro deve criar uma barreira sobre a pele. Confira um teste feito pela Ativo.com.

2) Aumente o fator de proteção (FPS)

Não utilize filtro menor do que 30. Pode investir nos filtros mais altos e tentar treinar nos horários em que o sol é mais ameno – antes das 10 e depois das 16h.

3) Proteção redobrada com acessórios

O filtro não consegue manter sua proteção por longos períodos e com transpiração excessiva. Use roupas com proteção UV, chapéus/bonés, óculos escuros entre outros acessórios que podem ajudar a amenizar o sol.

A campanha da Sociedade Brasileira de Dermatologia não condena a exposição ao sol, apenas conscientiza do problema que causa à saúde e propõe práticas que amenizam esses danos. Exposição excessiva e sem proteção pode resultar em desconfortos como queimaduras e doenças graves como câncer de pele.

A informação e a prevenção são as formas mais eficazes de ficar distante do câncer da pele. Esse tipo de câncer responde por 33% de todos os diagnósticos desta doença no Brasil, e se prevenir é sempre a melhor solução!

É essencial consultar o dermatologista pelo menos uma vez ao ano para exames de rotina, principalmente se você possui histórico na família, através de parentes de primeiro grau. Lembre-se que dezembro é o mês de conscientização sobre o câncer de pele, mas ela deve ser tratada por todos os dias durante o ano.

Voltar para todos os Posts